Museu da Cultura da Oliveira

Descripción

Jaén é a capital do azeite. Na nossa província, existe um mar de 65 milhões de oliveiras, mais de meio milhão de hectares dedicados a este trabalho. Baeza não é exceção, uma vez que alguns dos melhores azeites virgens do mundo vêm do nosso município.
O Museu da Cultura da Oliveira, criado em 1997, é o templo do olival e do azeite na província de Jaén. Está situado num grande edifício do século XVII, no qual se destaca a adega, um magnífico exemplo de arquitetura industrial construída em 1848 e conhecida como a Catedral do Azeite. Está situada em Hacienda la Laguna, em Puente del Obispo, a 13 km de Baeza.
O museu, considerado Bem de Interesse Cultural, está dividido em vários espaços: três edifícios que albergam diferentes modelos de lagares de azeite, alguns deles muito antigos, onde se pode ver como funcionam vários sistemas de produção de azeite e onde os visitantes podem conhecer as muitas utilizações deste maravilhoso produto; um jardim de variedades de oliveiras de vários países da bacia mediterrânica; e a Adega, o ponto alto deste edifício do século XVII e um símbolo da arquitetura industrial.
Para compreender tudo sobre o emocionante mundo do azeite, o mais recomendável é reservar uma visita guiada ao Museu da Cultura da Oliveira, disponível em espanhol, inglês, francês e alemão. Uma das atividades mais populares é a degustação de azeite, onde os principais especialistas ensinam os visitantes a apreciar as qualidades do produto. Para os mais jovens, o museu tem um programa adaptado de atividades escolares, concebido pela equipa pedagógica do centro. As crianças e os adultos podem aprender a fazer sabonete artesanal a partir do azeite, um processo antigo que ainda hoje está muito vivo.
Mas também aprenderá que a oliveira não é apenas azeite para cozinhar. Para além de fazer um excelente sabonete, existem outros usos cosméticos: hidratante, desmaquilhante… Tem também efeitos na saúde devido às suas múltiplas propriedades antioxidantes e os seus elevados níveis de ácidos gordos monoinsaturados. Vários estudos falam do consumo de azeite ajuda a prevenir as doenças cardiovasculares e favorece a circulação.
Oleoturismo
Baeza é um lugar ideal para fazer oleoturismo e o Museu da Cultura da Oliveira é a melhor forma de começar. Entre as oliveiras, os visitantes podem aprender a distinguir os diferentes tipos de azeitonas e descobrir como o melhor azeite do mundo é extraído delas. Embora o oleoturismo seja uma atividade principalmente apreciada pelos turistas espanhóis, cada vez mais estrangeiros estão a interessar-se por este mundo.
A visita guiada mostrar-lhe-á como funciona um lagar de azeite, aquele maravilhoso utensílio que transforma o fruto da oliveira em azeite. Almazara (em espanhol), a propósito, vem do árabe e significa “lugar onde se espreme”. Porque, na realidade, é isso que se faz com as azeitonas, espremem-se com este tipo de moinho especial até que este maravilhoso líquido oleoso saia.
Um passeio pelos olivais de Baeza permitirá conhecer as variedades de azeitona, embora, em Jaén, a principal variedade seja a picual, que produz um azeite virgem extra de extraordinária qualidade, aromático, frutado e que deixa na boca uma curiosa mistura de travo amargo e picante. Se as azeitonas forem colhidas cedo, o aroma será como de erva recém cortada; se o fruto for colhido mais maduro, deixará um ligeiro aroma de banana e figo.
La Laguna Grande
Perto do Museu da Cultura da Oliveira, encontra-se a maior lagoa da província de Jaén e um dos pantanais mais ricos da região. Cobre mais de 200 hectares que rompem com a paisagem habitual da zona, dominada pelos olivais. La Laguna Grande não é de origem natural, foi criada pelo homem. Longe de estragar o ambiente envolvente, o lago proporcionou uma grande diversidade de espécies vegetais e animais, especialmente aves aquáticas.
A lagoa foi originalmente criada para armazenar água para fins de irrigação, embora, hoje em dia, não tenha qualquer função agrícola. Declarada Paisagem Natural em 1989, está na Lista Ramsar de pantanais. Foi também declarada INP (Local de Interesse Protegido), LIC (Local de Interesse Comunitário) e Bem de Interesse Cultural.

    Imágenes 360

    Galería de imágenes

    Más información