Igreja de São Inácio

Descripción

O complexo religioso a que pertencia originalmente a igreja de São Inácio foi outra vítima da desamortização de Mendizábal no século XIX, quando uma grande parte das propriedades religiosas foi expropriada e vendida. O complexo, que incluía um seminário da Companhia de Jesus, foi demolido e apenas foi possível salvar a igreja, que continuou como capela do cemitério que existiu até 1917. O colégio original de São Inácio foi financiado pelo antigo bispo de Cuzco, Antonio Raya y Navarrete, natural de Baeza, no início do século XVII. A porta é particularmente marcante, constituída por duas secções, a inferior com um arco de volta perfeita com representações em relevo da Fortaleza e Esperança, juntamente com o brasão do bispo Raya. Destaca-se um relevo imponente entre colunas que representa o êxtase de Santo Inácio, ajoelhado perante a Santíssima Trindade e com um grande número de anjos e querubins à sua volta. A igreja tem um piso em cruz latina e está coberta por uma abóbada de berço. Nada resta do convento que completava este complexo, mas de acordo com a documentação da época, o edifício articulava-se à volta de um pátio espetacular com mais de oitenta portas que saíam dele e uma grande fonte no meio. O edifício foi desmantelado após a expulsão dos jesuítas em 1767.

Galería de imágenes

Más información

Calle Sor Felisa Ancín, 1 23440 Baeza, Jaén